Desburocratização

DF reduz burocracia e tem melhor cenário para abertura de empresas

Situação é medida pela Receita Federal junto à Redesimples

DF reduz burocracia e tem melhor cenário para abertura de empresas

Menos burcocracia facilitou abertura de empresas na capital federal

O ambiente empreendedor do Distrito Federal melhorou exponencialmente entre novembro de 2017 e fevereiro deste ano. A capital nacional deixou a última posição para assumir o primeiro lugar no ranking nacional que afere a burocracia para se abrir uma empresa no país. Esse dado é medido pela Receita Federal junto à Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIMPLES),

A reviravolta neste cenário tem grande parcela de responsabilidade do RLE@Digital, que está em funcionamento desde dezembro do ano passado. O ambiente virtual é utilizado pelo Mutirão da Simplificação, evento que leva a assinatura do Sebrae no DF e do Governo de Brasília e que tem favorecido a transformação no panorama empreendedor nas regiões administrativas do DF. “Ao reunir órgãos licenciadores em um só lugar e fornecer orientações sobre registro e licenciamento para empresas, potencializamos os nossos processos e o atendimento aos empreendedores ficou mais ágil. Consequentemente, conseguimos abrir e registrar mais empresas na Regiões Administrativas do Distrito Federal”, pontua o superintendente do Sebrae no DF, Rodrigo Sá.

O tempo de abertura de uma empresa no DF já foi de até 120 dias. Com a chegada do Registro de Licenciamento de Empresas (RLE), caiu para menos de cinco dias e, com a versão digital do sistema, lançada em dezembro de 2017, passa a integrar todos os órgãos do DF e federais responsáveis pela abertura de uma empresa de maneira totalmente online. “Todo o processo foi aprimorado. Demoravam semanas, depois passou para alguns dias, e agora pode ser uma questão de minutos para o empreendedor ter sua empresa formalizada”, acrescentou o superintendente.

Em pouco mais de dois anos de funcionamento do RLE, mais de 125 mil empresas foram registradas no DF, segundo a Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável do Distrito Federal (SEDICT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação
Redação